Pinto da Costa admitiu que nunca pensou que o Benfica não renovasse com Maxi Pereira e logo que se apercebeu dessa realidade pediu para que se avançasse para a contratação do lateral uruguaio.

"Eu aproveitei...Nunca pensei que o Benfica não renovasse com ele. Falaram-nos dele depois do campeonato terminar. E eu pensei que eram empresários a valorizá-lo, como acontece muitas vezes. O Antero Henrique falou com o empresário, e eu disse que era conversa e queriam era sacar mais algum ao Benfica. Mas, na semana da final da Taça da Liga disseram-nos que o Benfica nunca tinha falado de renovação ao Maxi e achei muito estranho. Depois, parece que lhe falaram na véspera da tal final, mas o empresário insistia que o jogador estava disponível e o FC Porto era a preferência. Então, mandei avançar. O Maxi disse logo que sim. Posteriormente, teve outras propostas, que só aumentaram a minha consideração por ele, pois manteve a palavra que deu ao FC Porto. Não era um objetivo de há três meses...", afirmou o líder dos "dragões" em entrevista ao jornal O Jogo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.