À entrada para a Assembleia Geral da Liga, Pinto da Costa mostrou-se confiante na continuidade de Pedro Proença à frente dos destinos do organismo.

"Futuro de Proença em causa? Está o dele, o meu, o seu... Ninguém sabe o dia de amanhã", começou por dizer, acrescentando: "Não tenho a mínima dúvida que continua. Também não está na ordem de trabalhos que possa sair."

O líder portista não considera que a carta escrita por Proença ao Presidente da República seja motivo suficiente para o afastar da Liga de Clubes.

"Por ter escrito ao Marcelo? Recebe tanta carta. Se me chateasse com quem lhe escreve, chateava-me com meio país", referiu.

O presidente dos azuis e brancos disse ainda que não há um extremar de posições entre Benfica e FC Porto nessa matéria.

"Esse assunto não está na ordem de trabalhos. Não sei qual a posição no Benfica nos outros temas, mas até temos estado coincidentes", referiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.