A Polícia Judiciária realizou ontem, quarta-feira, buscas nas instalações da SAD do Benfica, no Estádio da Luz.

De acordo com o Jornal de Notícias, os inspectores levaram os contratos dos guarda-redes Roberto e Júlio César, sendo que o empresário Jorge Mendes também estará a ser investigado.

As buscas terão começado logo às 09h00 e embora Jorge Mendes não represente nenhum dos atletas em causa, terá tido um papel preponderante na vinda do espanhol Roberto para o Benfica.

O processo está a cargo do Departamento de Investigação Acção Penal (DIAP), que investiga crimes de burla, fraude fiscal e branqueamento de capitais.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.