Os alarmes soaram no Sporting depois de um possível novo surto de COVID-19 na estrutura do plantel principal de futebol, em virtude dos casos positivos do técnico de equipamentos Paulinho, do preparador físico Gonçalo Álvaro e do treinador adjunto Carlos Fernandes.

O jornal 'A Bola' garante na sua edição desta quarta-feira que existem ainda mais três pessoas da estrutura que lidam diretamente com  o plantel principal que estão em isolamento, numa medida preventiva.

Porém, acrescenta o mesmo jornal, no que toca ao plantel, este está todo à disposição do treinador Rúben Amorim, tendo fonte do Sporting garantido estarem a ser tomadas todas as medidas preventivas e de controlo para que os jogadores possam ficar protegidos deste novo surto, evitando assim um cenário idêntico ao que sucedeu no início da temporada.

Para tal, na manhã de terça-feira, que se seguiu à derrota com o Marítimo para a Taça de Portugal, todos os jogadores do plantel e restante estrutura foram submetidos a testes rápidos, cujo resultado, deu negativo, ainda segundo 'A Bola'.

O plantel passará agora a ser submetido a testes diários, com os responsáveis clínicos a terem desta forma um controlo cada vez mais apertado, por forma a protegerem jogadores e restantes elementos da estrutura.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.