Daniel Podence, antigo jogador do Sporting, prestou esta quinta-feira declarações a partir da Grécia, via Skype, no âmbito do julgamento do ataque a Alcochete, recordando os eventos do dia 15 de Maio de 2018, data da invasão à Academia do Sporting. O agora jogador do Olympiacos testemunhou agressões a William Carvalho, Acuña, Misic e Battaglia. "Parecia uma zona de guerra", recordou.

Sobre a entrada dos adeptos, Podence explicou que o primeiro jogador a ser abordado pelos invasores foi William Carvalho. "Mal entraram, o William foi direto à porta. Fizeram uma roda à volta dele e começaram a bater-lhe. Foram socos, pontapés, tudo...", relatou o jogador, produto dos escalões de formação dos 'leões'.

Segundo Podence, não havia forma de os jogadores deixarem o balneário. "Um ficou à porta a vigiar. Todos os que entraram bateram em alguém. Passou-me pela cabeça fugir, mas tive medo de ser cercado. A mim só me empurraram para trás", explicou o atacante.

Podence descreveu depois, mais pormenorizadamente, algumas das agressões que testemunhou. "Deram com um cinto na cara do Misic, que estava ao meu lado. O Acuña estava sentado e deram-lhe chapadas e socos na cabeça. O mesmo aconteceu com o Battaglia. Houve quem ficasse sentado e levasse, houve quem ficasse de pé e tivesse levado com o cinto. O William e o Rui queria falar e levaram. Os seguranças tentaram acalmar, não conseguiram e não sei o que lhes aconteceu", relatou.

Sobre as tochas recorda Podence diz que uma foi atirada para o meio do balneário. "Fez muito fumo, parecia uma zona de guerra. Não se via muito bem, tinha dificuldades em respirar. Depois, havia o barulho do alarme de incêndio," recordou.

Podence não reconheceu as caras de nenhum dos agressores, apesar de nem todos estarem de cara tapada. "Eram para aí uns 30 e não estavam todos de cara tapada. Não me lembro é dos rostos", disse.

Sobre a reunião na véspera do ataque, Podence confirmou que Bruno de Carvalho perguntou pela lealdade dos atletas. "A nossa relação com o presidente não era boa. Na reunião ficou bem presente que essa relação não era boa. Ele sabia perfeitamente que os jogadores não estavam com ele", confirmo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.