O jogo entre Rio Ave e Benfica da época 2015/2016 está a ser investigado pela Polícia Judiciária por suspeitas de viciação de resultado, avança o jornal Correio da Manhã na sua edição de sábado.

De acordo com o referido diário, a Polícia Judiciária está a investigar um alegado pagamento a jogadores do Rio Ave para que perdessem contra o Benfica na época 2015/2016. Segundo as informações veiculadas, quatro jogadores do Rio Ave terão sido abordados por empresários ligados ao clube da Luz para que perdessem contra o Benfica.

"Não há para já arguidos e a investigação, que começou no Porto, transitou agora para Lisboa. Foi no âmbito da investigação à suspeita de um esquema, envolvendo elevadas apostas e relacionadas com o jogo Feirense-Rio Ave, em fevereiro deste ano, que a Judiciária encontrou indícios de que um outro encontro, envolvendo o Benfica, poderá ter sido falseado. Investiga-se a batota nos resultados, depois de testemunhas inquiridas pela PJ do Porto terem dado conta de que em abril do ano passado - há duas épocas - empresários ligados ao Benfica terão abordado os mesmos jogadores mais tarde constituídos arguidos no processo do Feirense-Rio Ave", escreve o jornal Correio da Manhã.

Recorde-se que quatro jogadores do Rio Ave foram constituídos arguidos recentemente pela Polícia Judiciária na sequência de uma investigação a uma possível viciação de resultado no jogo entre Feirense e Rio Ave disputado há duas épocas.

Já a SIC avança que os jogadores em causa são Nadjack, Roderick, Cássio e Marcelo. No entanto, Nadjack jogava no Réus na época 2015/2016 enquanto que Roderick estava castigado. Já Cássio e Marcelo foram titulares nesse jogo contra o Benfica, mas não tiveram quaisquer responsabilidades no lance que deu origem ao golo de Raul Jiménez.

"A denúncia dá conta de que o Benfica utilizou emissários, neste caso empresários, para pagar aos jogadores para propiciarem a vitória dos encarnados", escreve ainda o Correio da Manhã, acrescentando que, "a decisão de que esta investigação transitasse para Lisboa foi tomada pelo magistrado do Ministério Público, por entender que estava relacionada com outras investigações que têm o Benfica como alvo e que estão entregues à Unidade de Combate ao Crime Económico e Financeiro da PJ".

O diário Record avança também que a Polícia Judiciária está a investigar outros jogos do Benfica da época 2015/2016.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.