As câmaras do Porto e de Vila Nova de Gaia, bem como operadores de transportes e responsáveis das forças de segurança, querem que o dérbi FC Porto e o Boavista, marcado para a noite de São João, seja adiado.

Numa nota publicada na página oficial da autarquia do Porto com o título "Porto e Gaia reuniram com transportes e polícias para evitar festejos de São João e recomendar adiamento do jogo FC Porto - Boavista", é descrito que estas entidades vão apresentar essa recomendação ao Governo e à Liga Portuguesa de Futebol.

"Não podendo tomar medidas acerca da realização de jogos de futebol ou do funcionamento de determinadas superfícies comerciais, as entidades presentes vão pedir ao Governo que as assuma também, para que a tentação de festejos na noite de São João não venha a comprometer os resultados muito positivos que a região e as duas cidades em particular têm conseguido na luta contra a covid-19", lê-se na publicação.

O dérbi concelhio FC Porto - Boavista, a contar para a 28.ª jornada da I Liga portuguesa em futebol, está marcado para o Estádio do Dragão, às 21:15 de terça-feira, dia 23 de junho, noite tradicionalmente ligada às comemorações do São João nas cidades do Porto e de Vila Nova de Gaia.

Os jogos de futebol da I Liga, que foi retomada a 03 de junho depois de ter ficado suspensa em março devido ao surto epidemiológico da covid-19, estão a decorrer sem público nas bancadas, mas esta retoma tem vindo a ser discutida devido à preocupação com aglomerações de adeptos em cafés e nas imediações de estádios.

"Sobre a marcação de um dérbi futebolístico da cidade para essa noite, os presentes acordaram em manifestar ao Governo, às autoridades de saúde e à Liga Portugal, a sua preocupação acerca da realização do jogo de futebol entre o FC Porto - Boavista", refere a nota da autarquia do Porto.

Na mesma publicação, a câmara do Porto dá conta de que é "parecer da PSP" que "o encontro [de futebol] poderá ser um foco de concentração indesejado de adeptos", razão pela qual é sugerido o seu adiamento.

"Recorde-se que os restantes jogos onde intervêm os clubes com mais adeptos, foram todos agendados para dias de semana, exatamente pelas mesmas razões, pelo que não faria sentido a realização do dérbi da cidade, logo na noite de São João", conclui a nota publicada após uma reunião que juntou os presidentes da câmara do Porto e de Vila Nova de Gaia, e os responsáveis pela PSP, Polícia Municipal, Proteção Civil Municipal, Comboios de Portugal (CP), Metro do Porto e Sociedade Transportes Coletivos do Porto (STCP).

A pandemia de COVID-19 já provocou mais de 443 mil mortos, incluindo 1.523 em Portugal.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.