O médio brasileiro Soares abandonou o Gil Vicente, após ter terminado o vínculo contratual de uma temporada aos minhotos, confirmou hoje à agência Lusa fonte do clube da I Liga portuguesa de futebol.

O centrocampista defensivo, de 31 anos, assumiu preponderância na formação de Barcelos e cumpriu 37 jogos ao longo da última época, na sequência de passagens por Arouca, Cova da Piedade, União da Madeira, Rio Ave, Portimonense, os espanhóis do Recreativo de Huelva e os brasileiros do Vila Nova.

Soares é a 14.ª saída confirmada pelos minhotos, acompanhando os guarda-redes Bruno Diniz e Wellington Luís, os defesas Alex Pinto, Arthur Henrique, Edwin Banguera e Fernando Fonseca, os médios Bozhidar Kraev, Kevin Lopez, Léo Cordeiro e Rúben Ribeiro e os avançados Sandro Lima, Yves Baraye e Zakaria Naidji.

O Gil Vicente designou o treinador Rui Almeida como sucessor de Vítor Oliveira, que conduziu os ‘galos’ a uma campanha tranquila na I Liga em 2019/20, culminada na 10.ª posição, com 43 pontos, 10 acima da zona de despromoção, numa época marcada pelo regresso administrativo à elite, a partir do Campeonato de Portugal, após o ‘caso Mateus’.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.