O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol deu por arquivado o processo levantado após queixa do Benfica em relação a Pepe por uma suposta agressão do defesa internacional português a Adel Taarabt no decorrer do embate das 'águias' com o FC Porto, a 8 de fevereiro.

Os 'encarnados' anunciaram a 10 de fevereiro que iriam avançar com uma queixa devido à "brutal agressão a soco de Pepe a Taarabt de frente para o árbitro, com este a ver, e que nem ele nem o VAR assinalaram", durante esse encontro, referente à 20ª jornada da I Liga.

Ouvidos os envolvidos no processo, entre eles a equipa de arbitragem presente desse jogo, liderada por Artur Soares Dias, o Conselho de Disciplina, acabou agora por considerar que não havia motivos para agir disciplinarmente sobre o jogador do FC Porto.

A decisão do CD, contudo, é passível de recurso para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAD), informou o FC Porto.

O mesmo Conselho de Disciplina tinha já arquivado outra queixa das 'águias' referente a essa mesma partida, relativa a outra alegada agressão, esta de Marega, igualmente a Taarabt.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.