Pedro Proença, presidente da Liga, falou na abertura da terceira edição do Congresso "The Future of Football", em Alvalade, com um discurso otimista, em que procurou contrariar a visão daqueles que "que apregoam" uma "tragédia" iminente no futebol português.

"Temos todas as razões para acreditarmos num futuro risonho para o futebol português, isto apesar dos cenários catastróficos que alguns apregoam ou da tragédia que marcou os últimos dias. É necessário reforçar doses de bom senso e fair-play. Cada um deve saber cumprir com a sua missão. Estou certo que este congresso nos vai ajudar a cumprir aquilo que é o dever de refletir", disse Proença.

"Continuamos, enquanto país de futebol, a ser os melhores: Ronaldo venceu a quarta Bota de Ouro, fomos campeões europeus de seleções e os nossos treinadores continuam a ser dos mais competentes do Mundo. Queremos continuar a reclamar o nosso lugar na vanguarda do futebol Mundial. Testámos o vídeo-árbitro, a tecnologia da linha de golo...", vincou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.