O presidente da Federação Portuguesa de Futebol afirmou esta terça-feira que Pedro Proença tem um “desafio muito exigente” à frente da Liga de clubes e desejou “a melhor sorte no desempenho das altas funções” para as quais foi eleito.

Numa nota publicada no site oficial da FPF, Fernando Gomes felicitou Proença pela vitória sobre Luís Duque e referiu que, findo o ato eleitoral, os clubes que compõem a Liga devem caminhar no sentido de um organismo “solidário, unido e mais forte”.

"Pedro Proença terá pela frente um desafio novo e muito exigente. Vice-presidente da FPF por inerência da eleição, estou certo de que trabalharemos em conjunto para encontrarmos as melhores soluções para o futebol português”, afirmou Fernando Gomes.

O dirigente máximo da FPF deixou ainda um “agradecimento” a Luís Duque, que assumiu o cargo de presidente da Liga de Clubes durante nove meses numa “conjuntura especialmente difícil para o futebol português”.

O ex-árbitro Pedro Proença foi eleito presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), batendo o antigo líder do organismo Luís Duque por nove votos.

Pedro Proença recebeu 32 votos, contra 23 de Luís Duque, recebendo o apoio de 12 dos 18 clubes da I Liga, que tinham direito a dois votos, e oito dos emblemas da II Liga.

Em Luís Duque, que tinha sido eleito a 27 de outubro de 2014, votaram seis clubes do primeiro escalão e 11 do segundo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.