“Não gosto de prometer essas coisas assim. De dizer que agora vou fazer dois ou três golos no próximo jogo. Não faz o meu género. O que prometo é muito trabalho, muita dedicação, muita humildade e eles podem ter a certeza que eu vou procurar muito dar-lhes as alegrias que merecem por serem uma torcida fantástica”, disse, segundo o site do clube.

O brasileiro referiu que o técnico Jorge Jesus “cobra bastante” dos jogadores, mas também salientou que é um treinador “que sabe muito e gosta de explicar”.

“Cobra bastante de todos nós, mas também corrige e é capaz de falar contigo sobre as coisas que precisas de melhorar, ajudando-te a ser cada vez melhor jogador e ajudando-nos a ajudar o Benfica”, disse.

“Já trabalho com ele há mais de meio ano e estou muito feliz com a forma como ele me tem auxiliado a tirar mais proveito das minhas qualidades e a corrigir os meus erros”, acrescentou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.