"Sobre o meu regresso a Portugal não tenho nada a acrescentar. Neste momento não está nos meus planos voltar. Fala-se que posso voltar em Janeiro? Não, para já não quero voltar a Portugal". Foi desta forma que Ricardo Quaresma fechou a porta a Sporting e FC Porto, que nas últimas semanas estudavam a possibilidade de resgatar o internacional português ao Inter, onde raramente é opção para José Mourinho.

Em declarações a O Jogo, o extremo português comentou ainda com satisfação o apuramento da selecção nacional para o Mundial 2010. "Fiquei feliz com o apuramento. Portugal fez um grande jogo, ainda para mais num campo muito difícil. Carlos Queiroz está a fazer um grande trabalho, quanto mais não seja porque alcançou o principal objectivo. Há alguém que não esteja a gostar do trabalho dele", reagiu Quaresma, que não é chamado à equipa das quinas desde o jogo com a Albânia, em Outubro de 2008.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.