No final do treino matinal, que decorreu à porta fechada, Paulo Alves afirmou que «não é um jogo que põe tudo em causa», mas frisou que é preciso reagir ao desaire com os “arsenalistas”, vencedores por 3-1.

O treinador do conjunto de Barcelos frisou que está confiante na vitória: «Se estivermos ao nível do que produzimos nas três primeiras jornadas, temos todas as condições para ganhar».

Quanto ao adversário, Paulo Alves considera que «o Olhanense, que tem feito um bom início de campeonato, é uma equipa perigosa no contra-ataque», sendo o resultado de Alvalade (1-1), «uma prova disso».

«Estamos alertados e, por isso, teremos que estar à altura», frisou o técnico dos gilistas, garantindo: «Queremos ter a iniciativa de jogo e criar situações de ataque».

Face ao Olhanense, Paulo Alves vai proceder a algumas alterações, até porque o lateral direito Éder não vai poder dar o contributo à equipa, em virtude de estar castigado.

Paulo Arantes, Yero, Leandrinho e João Vilela continuam indisponíveis, todos devido a lesão.

O encontro, a contar para a quinta jornada da Liga portuguesa de Futebol, realiza-se sexta-feira, pelas 20h15, no Estádio Cidade de Barcelos, com arbitragem de Paulo Baptista, de Portalegre.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.