"Essa era uma das possibilidades de ter acusado positivo e, sinceramente, a partir desse momento procuro não comer leitão", disse o guarda-redes encarnado.

Em 2001/02, Quim acusou positivo por nandrolona e desde então tem especial atenção com o que come e leitão está definitivamente fora do menu.

Entre outras curiosidades, o guardião contou aos alunos presentes que chegou às balizas por um acaso, já que, aos 13 anos, era avançado, melhor marcador da sua equipa, mas a ausência do legitimo guarda-redes, durante um jogo, fez Quim substitui-lo e não maia abandonar a defesa das redes.

Neste encontro, uma iniciativa da Fundação Benfica junto das escolas com a designação “O Benfica faz bem”, estiveram também presentes Ramires, o hoquista Ricardo Silva e o andebolista Cláudio Pedroso.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.