Rafa e Cristian Rodríguez foram as ausências mais notadas da noite de segunda-feira no Coliseu do Porto. 

O lateral esquerdo português foi novamente operado, desta vez devido a uma fratura de fadiga no perónio esquerdo. 

O extremo uruguaio não pôde comparecer devido a uma gastroenterite. 

A presença de André Villas-Boas, treinador do ano 2010/2011 para o FC Porto, era a mais esperada mas o atual técnico do Chelsea não quis prestar declarações à comunicação social.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.