A 'noitada' de Marchesín, Uribe, Luis Díaz e Saravia na véspera do dérbi da invicta colocou os quatro jogadores fora da convocatória para o confronto do FC Porto com o Boavista, no último domingo.

Sérgio Conceição, após a partida que terminou em vitória dos 'dragões' por 0-1, evitou falar diretamente sobre o assunto, deixando apenas o aviso que "a instituição está acima de todos".

Mas dentro de portas, o treinador dos 'dragões' não escondeu o desagrado com a atitude dos jogadores, pelo menos segundo afirmam dois dos jornais desportivos desta terça-feira.

O jornal 'Record' afirma que Sérgio Conceição terá dado a conhecer a sua opinião sobre o assunto aos quatro jogadores junto do restante grupo de trabalho numa conversa "franca e dura" no passado sábado.

Também o matutino 'A Bola' afirma que o técnico do FC Porto criticou o que considerou ser uma falta de profissionalismo dos quatro jogadores, à frente do resto do grupo com a presença de Pinto da Costa, o presidente dos 'dragões'.

Já 'O Jogo' afirma que ainda não terá existido contato entre Sérgio Conceição e os quarteto da 'noitada' e que o técnico aguarda o regresso dos jogadores dos compromissos com as respetivas seleções para colocar tudo 'em pratos limpos'.

Com ou sem 'raspanete', a multa aos jogadores parece certa, depois da SAD ter instaurado processo disciplinar aos quatro atletas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.