O avançado Gino Guerrero vai deixar o Paços de Ferreira e regressar ao Peru, gorando-se a possibilidade de se estrear na I Liga de futebol, confirmou à agência Lusa uma fonte oficial da formação pacense.

Guerrero, de 20 anos, representou na última época o Alianza de Lima, antigo clube do "pacense" Hurtado, mas não se adaptou à formação lusa e também não terá conseguido convencer o técnico Costinha nesta sua primeira experiência europeia, devendo regressar ao Peru.

O extremo esquerdo, contratado por duas épocas, foi utilizado apenas em dois dos nove encontros particulares realizados pelo Paços de Ferreira na pré-temporada (jogou 10 minutos no nulo diante do Beira-Mar e 33 na vitória diante do Penafiel, por 2-1), não tendo sido opção nos restantes jogos.

A saída de Guerrero do plantel pacense deverá ser colmatada pelos dirigentes do clube nortenho, que estão a ultimar os pormenores da aquisição de dois jogadores de características ofensivas, com Bebé, do Manchester United, de Inglaterra, a encabeçar as preferências.

João Silva, avançado luso ao serviço do Levski de Sofia, da Bulgária, e Carlão, brasileiro que representou na última época o Sporting de Braga, são outras das opções para reforçarem o ataque do Paços de Ferreira.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.