O treinador do Moreirense, Ricardo Soares, afirmou hoje que espera um "bom jogo" frente ao Rio Ave, na sexta-feira, para a 26.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, face à "qualidade" de ambas as equipas.

O técnico frisou que nenhuma equipa do campeonato está no seu melhor, após quase três meses de pausa competitiva devido à pandemia de covid-19, mas lembrou que os ‘cónegos' têm capacidade para melhorarem e para "entrarem em campo para vencer todos os jogos", algo que pretende ver na sexta-feira, quando a equipa receber um opositor com "qualidade", "forte nas transições" e com uma "frente de ataque fantástica".

"Acredito que irá ser um bom jogo de futebol, contra uma equipa com jogadores de enormíssima qualidade. Os meus também têm qualidade. Acredito que vai ser um jogo positivo, com duas equipas à procura do golo, mesmo com estratégias diferentes. O ADN do Rio Ave não é seguramente igual ao do Moreirense. Mas a conjugação destas duas propostas de jogo poderá dar um grande espetáculo", disse, em videoconferência de antevisão ao jogo, agendado para as 19:00, no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos.

Ricardo Soares admitiu que a série invicta das últimas sete jornadas, com 15 pontos somados, dá "confiança" ao Moreirense, nono classificado, com 33, mas alertou também que os seus jogadores vão ter de "perceber todos os momentos do jogo", para prolongarem a invencibilidade frente a um Rio Ave que ocupa a sétima posição, com 38.

"Queremos estar sempre bem posicionados em termos defensivos para anularmos a força ofensiva do Rio Ave. Sabemos que nos esperam dificuldades, fruto da valia do adversário. Mas queremos continuar a ganhar, até pela capacidade de trabalho destes jogadores" sublinhou.

Impedido de utilizar Gabrielzinho, extremo emprestado aos vimaranenses pelo Rio Ave, que foi utilizado em todos os jogos da série invicta em curso, o treinador mostrou-se confiante no rendimento do substituto, face à "qualidade" e ao "compromisso" que os seus pupilos costumam apresentar durante os treinos.

Questionado sobre os golos que resultaram de erros, cometidos em alguns jogos da 25.ª jornada, Ricardo Soares defendeu que essas falhas são o "custo" associado ao "pouco tempo de treino" que as equipas da I Liga tiveram até agora - a maioria voltou ao relvado em maio -, mas mostrou-se convicto de que, no caso dos 'cónegos', é uma "questão de tempo" até a equipa jogar segundo o seu "valor real".

Apesar do principal objetivo da época, a manutenção no escalão maior do futebol nacional, estar quase garantida, a nove jornadas do fim, o treinador lembrou que os minhotos são "ambiciosos" e vão lutar para fazerem "mais e melhor" no campeonato, pensando sempre "jogo a jogo".

O Moreirense, nono classificado da I Liga, com 33 pontos, recebe o Rio Ave, sétimo, com 38, em partida da 26.ª jornada, às 19:00 de sexta-feira, no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos, com arbitragem de Jorge Sousa, da Associação de Futebol do Porto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.