A época conturbada na estreia pelo Benfica e a recente contratação de Artur Moraes abrem caminho à saída de Roberto, depois de ter custado 8,5 milhões de euros aos cofres da Luz. 

De acordo com o jornal A Bola, o guardião espanhol poderá regressar ao Atlético de Madrid, caso saia um dos actuais guarda-redes colchoneros, e a saída de De Gea é um cenário cada vez mais plausível, face ao interesse do Manchester United.

O retorno de Roberto foi admitido pelo próprio director desportivo do At. Madrid, José Luís Caminero: «Neste momento, temos três jogadores para essa posição, De Gea, Joel e Asenjo. Se um deles sair, teremos de procurar um substituto, analisar vários nomes, e um deles poderá ser o de Roberto. Conheço-o muito bem, sei que não teve uma temporada muito boa no Benfica, mas aos guarda-redes acontece o mesmo que a outros jogadores, podem ter altos e baixos. No Saragoça [de Janeiro a Junho de 2010], ele foi esplêndido e a minha opinião é a de que se trata de um grande guarda-redes.»

Roberto foi o guarda-redes mais caro do futebol português, ao custar 8,5 milhões de euros, mas raramente conseguiu ser consensual na Luz.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.