Com João Víctor quase recuperado e Lucas Veríssimo cada vez mais perto, Roger Schmidt está prestes a ter cinco defesas centrais ao seu dispor. A única ausência é a de Morato que ainda está na fase inicial da recuperação da sua lesão.

Na conferência de imprensa de lançamento do jogo diante do Vitória de Guimarães, o treinador do Benfica mostrou-se satisfeito com a qualidade das suas opções para o eixo da defesa.

"Estou muito contente por termos esta qualidade no centro da defesa. Antes de assinarmos a equipa já tinha seis centrais, mas nas últimas semanas só tivemos três jogadores disponíveis. Estou muito contente que o João Victor e o Lucas Veríssimo tenham dado os primeiros passos junto da equipa. A situação deles é diferente. O João Victor está perto de estar a cem por cento, não vai estar amanhã, mas não precisará de um longo período para estar disponível. O Lucas vem de uma lesão grave, uma ausência de 10 meses, mas também está muito bem. Ele pode estar pronto nas próximas semanas. O Morato também tem estado a recuperar bem", afirmou Schmidt.

As lesões do início de época obrigaram o Benfica a ir ao mercado em busca de um defesa central, acabando por trazer John Brooks. Apesar de estar prestes a recuperar alguns dos lesionados, o treinador das águias elogiou a postura do central norte-americano desde a sua chegada à Luz.

"Foi muito importante assinar com o John Brooks, tem mostrado a sua qualidade nos treinos. Não é normal temos seis centrais desta qualidade, mas isso esteve relacionado com as lesões. Temos de arranjar soluções quando todos estiveram prontos", disse o treinador germânico.

João Víctor e Lucas Veríssimo vão em breve aumentar o leque de opções de Roger Schmidt, juntando-se assim a Otamendi, António Silva e John Brooks.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.