Familiares, amigos e simpatizantes do FC Porto receberam domingo em festa, no Mindelo, o futebolista Rolando, que se deslocou à Ilha de São Vicente para um período de férias na sua terra natal.

Segundo noticia a agência noticiosa cabo-verdiana Inforpress, Rolando, nascido na localidade de Bela Vista, foi alvo de um cortejo ao longo dois cerca de 10 quilómetros que separam o aeroporto de São Pedro até à sua residência no Mindelo.

«Não há palavras para explicar uma coisa destas. Só quem passa por um situação de carinho e amizade, como esta que os meus familiares e amigos me prepararam, é que o sente, mas não me consigo expressar em palavras», disse Rolando à Inforpress.

Rolando, que na última época venceu, entre outros, o campeonato português e a Liga Europa ao serviço do FC Porto, lembrou o momento em que, após a vitória na final da prova europeia, em Dublin, envergou a bandeira de Cabo Verde, ato muito comentado na imprensa portuguesa e cabo-verdiana.

«Recebi a bandeira de um amigo, mas foi algo em que já tinha pensado. Quis homenagear as minhas origens e até o presidente da UEFA, Michel Platini, passou a conhecer as cores da bandeira do meu país», explicou Rolando, entre sorrisos.

Relativamente ao futuro da sua carreira, numa altura em que se comenta a possibilidade de, na próxima temporada, se transferir para Itália - Roma ou Juventus -, Rolando nada adiantou, sublinhando que pretende agora «desfrutar das férias» ao lado de familiares e amigos.

«O resto entrego nas mãos do meu amigo Jota (João José Cardoso da Silva, seu empresário). Se houver alguma novidade, caberá a ele anunciar», acrescentou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.