O futebolista Oriol Rosell, reforço do Sporting para a próxima época, publicou hoje nas redes sociais uma carta na qual diz que voltar à Europa e disputar a Liga dos Campeões era “uma oportunidade que não podia deixar passar”.



O médio espanhol, formado nas escolas do FC Barcelona, escreve na sua conta na rede Instagram, dirigindo-se aos adeptos do Sporting Kansas City, clube norte-americano que representava e que se sagrou campeão.



“O grande Sporting de Lisboa deu-me a oportunidade de jogar na Europa, onde estarei mais perto da minha família, disputarei a prestigiada Liga portuguesa e a Liga dos Campeões, não podia deixar passar”, justifica o jogador.



Rosell, de 21 anos, agradeceu aos adeptos, ao clube norte-americano e aos ex-companheiros no Kansas City, destacando que ficou impressionado com a mentalidade norte-americana de “nunca se renderem”.



O médio é a terceira contratação dos “leões”, que têm como novo técnico o ex-estorilista Marco Silva, e a seguir aos anúncios do central Paulo Oliveira (ex-Vitória de Guimarães) e do médio búlgaro Simeon Slavchev (ex-Litex Lovech).



Na terça-feira, o clube de Alvalade tinha anunciado a contratação de Rosell, num contrato de cinco anos (válido até 2019), com uma cláusula de rescisão no valor de 45 milhões de euros.



Ao todo, o catalão fez um total de 49 jogos na MLS, tendo marcado dois golos e somado duas assistências. Em 2013, foi o jogador que efetuou mais roubos de bola na competição (130).