Rúben Amorim teceu rasgados elogios depois do triunfo em Portimão (2-0) e da segunda vitória consecutiva na liga.

Análise da partida

"Entrámos bem no jogo, com qualidade na bola. Não durámis assim tanto tempo mas isso tem a ver com a juventude da equipa. Controlámos bem e nesses primeiros 30 minutos podíamos ter resolvido. Depois agarrámo-nos uns aos outros e foi assim até ao fim."

Exibição de Nuno Mendes e a estreia de Gonçalo Inácio

"Sinto com todos e ele tem mantido isso ao longo dos jogos, tem muito talento, é muito forte fisicamente. Nota-se agora que estar a jogar para a Liga Europa, para o campeonato, nota-se neles. O Nuno, no ano passado, estava a jogar o campeonato nacional de juniores, nem estava no sub-23. É tudo trabalho dele. Para mim é um orgulho ser treinador desta equipa pelo espírito que eles têm. Quanto ao Inácio, tenho muitas esperanças nele, vai ser o futuro do Sporting", referiu.

Sporting vai atacar no fecho do mercado de transferências?

Só quero falar no final do mercado de transferências, não quero estar a dizer uma coisa e amanhã ser outra. Isso não seria bom", finalizou.

Impacto da eliminação europeia

"Foi uma derrota dura mas o resultado não reflete o que se passou. Esta equipa sentiu muito o resultado e precisa de toda a gente à volta deles. Entendo a divisão que existe no Sporting, entendo que o treinador jogou muitos anos naquele lado e é difícil alguns entenderem isso mas estes rapazes precisam da ajuda deles, pois são formados no Sporting e eles sentiram essa derrota. Mas talvez da idade e como se agarram uns aos outros, é uma imagem forte."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.