Rúben Amorim foi obrigado a reagir publicamente aos comentários sobre uma fotografia onde aparece o médio do Benfica.

O jogador dos "encarnados" tirou uma fotografia com o árbitro Pedro Proença e com Fernando Madureira, líder da claque Super Dragões, durante o 13.º encontro nacional de árbitros jovens.

Vários benfiquistas expressaram o seu descontentamento por o jogador ter-se deixado fotografar com o líder da claque de um clube rival. Rúben Amorim teve de vir a público defender o seu benfiquismo e lamentar que o mesmo esteja a ser colocado em causa, numa mensagem publicada nas redes sociais.

Leia o comunicado

"Caros amigos, gostaria de comunicar a fotografia que foi publicada pela comunicação social e que está a sofrer fortes críticas por parte da família benfiquista.

Ontem desloquei-me à Batalha a pedido SL Benfica, para representar o clube num evento organizado pela Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol. Ao chegar ao local, na companhia de outros colaboradores do Benfica, foi-me pedido pelo árbitro Pedro Proença para tirar uma fotografia com ele, pedido a que educadamente acedi, pela boa relação que tenho com todos os árbitros, e penso ser importante todos os jogadores profissionais terem.

Não me apercebi, no entanto, que outros convidados do evento estavam também a pousar naquele momento. Não quero explorar mais o assunto, por diversos motivos, quero apenas relembrar que sou sócio do Sport Lisboa e Benfica há 29 anos, é o clube do meu coração e é tremendamente injusto ver o meu Benfiquismo posto em causa, por um momento fortuito.

Saudações Benfiquistas"

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.