Rúben Amorim fez a antevisão à partida de amanhã, frente ao Moreirense, em Moreira de Cónegos. O técnico considerou que o jogo vai ser "uma luta boa" contra uma boa equipa.

Sobre o mercado, Amorim considerou que ainda é tudo muito incerto e que só mais para a frente se verá o que o Sporting poderá fazer na próxima janela de mercado.

Regresso de jogadores de lesão: É sempre um bom sinal, termos todos os jogadores à disposição. São jogadores importantes. Deu para ver que os outros estão preparados e mostrou que os que achamos que tinham lugar garantido também têm de lutar com ele.

Jovane: Está recuperado, começou a treinar a meio da semana e pode ir a jogo.

Reforços: Não só o treinador do Sporting como o treinador das outras equipas usam estes jogos para ver o que precisam para o futuro. Já temos noção daquilo que queremos, mas não sabemos como vai ser o mercado, que propostas vamos ter, que condições teremos, é uma incógnita. Para nós o principal é ver que temos jogadores aqui prontos para a próxima época.

Manter os mais novos com os pés no chão: Isso é normal, durante a semana estamos sempre em cima deles, sabem que se facilitarem perdem o lugar. Eles tem de ter noção que o Sporting não são quatro jogos, isto é a vida de um clube grande, varias vitórias. Eu lembro-me de ter campeões nacionais que perderam um, dois jogos. O Sporting é um clube grande, cinco jogos não são nada.

Críticas de Salvador sobre arbitragem: O Sporting irá fazer a sua apreciação e a meu ver não muda nada o nosso trabalho, temos mostrado qualidade semana após semana isso é o nosso foco, o resto não interessa.

Sente-se um treinador da moda: Eu penso que isso é normal, mas tenho a plena noção que duas derrotas mudam completamente o cenário. Aconteceu isso com um treinador no ano passado e que este ano mudou completamente. Mantenho sempre os pés no chão, tenho plena noção que isto pode mudar de um momento para o outro. É continuar e Deus queira que continue por muito tempo.

Campeão sem erguer troféu: Não, campeão há só um e acho que matematicamente ainda é possível, mas não será o Sporting. Serei campeão quando o Sporting foi campeão. Claro que temos outros objetivos, estamos num bom caminho, mas campeão só será um e não será o Sporting este ano.

Moreirense: É uma excelente equipa, tem um excelente treinador, uma equipa muito organizada defensivamente. Muito forte na bola parada, jogadores de muita qualidade que podem mudar o jogo. Têm muitas soluções, jogam sem pressão e querem mostrar que não é por acaso que têm uma derrota em 11 jogos. Vai ser uma equipa muito motivada no campo deles e escolhemos os jogadores com mais energia esta semana, prontos para o jogo. Vai ser uma luta, uma luta boa, e acho que vai ser um bom jogo.

Bater Rúben Amorim é uma motivação para os rivais: A motivação dos balneários não é pensar que vão jogar com o Rúben Amorim, mas sim com o Sporting. O pensamento no nosso balneário é que vamos perder um dia, mas não será esta semana, é esse o pensamento sempre. Quando perdermos logo se vê.

Posições a reforçar: Óbvio que fazemos uma avaliação, sabemos o que precisamos, temos de ver a resposta que os jogadores da formação dão, as propostas que temos, jogadores que vão sair, jogadores que querem sair, faço questão de saber isso. Nessa altura saberemos o que podemos ir buscar, que serão jogadores de qualidade"

Feddal: Eu fiz essa avaliação, mas não vou estar a dizer aqui. O que digo é que temos plena noção, mas está tudo muito no início, vamos esperar para ver.

Regresso de Vietto antes do fim da época: Eu sinceramente não sei, mas é surpreendente a recuperação dele. É surpreendente a recuperação dele, mas não sei. Já faz algum trabalho com a equipa, mas isso terá de perguntar à equipa médica.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.