O Benfica recebeu e goleou o Marítimo por 6-0, em jogo da 30.ª jornada da I Liga de futebol, resultado que lhe permitiu fechar a ronda na primeira posição, com os mesmos pontos do FC Porto.

Os 'encarnados' entraram praticamente a ganhar, com um golo de João Félix logo aos três minutos, tendo o jovem feito o 'bis' aos 64, isto já depois de Pizzi ter ampliado no arranque da segunda parte (49). Depois, entraram em ação dois argentinos, tendo Franco Cervi 'bisado', aos 71 e 88, e Salvio fechado a contagem, aos 90.

No final do jogo, Rúben Ferreira lamentou naturalmente a goleada sofrida no Estádio da Luz e admitiu que a equipa do Marítimo procurou aguentar ao máximo o ímpeto ofensivo do Benfica.

"Já sabíamos que ia ser um jogo complicado frente a um Benfica, que está numa das melhores fases do campeonato. Acho que a primeira parte foi minimamente bem conseguida da nossa parte, apesar do golo sofrido muito cedo. Tentámos aguentar ao máximo, criar ocasiões, mas não estava fácil. [Agora] É virar atenções para o próximo fim-de-semana, onde vamos ter um jogo importantíssimo", começou por dizer o capitão do Marítimo à BTV.

"Vamos ter uma reação decidida no próximo jogo, só assim é que faz sentido. É um confronto direto com o Tondela, que estamos obrigados a ganhar para conseguir a manutenção. Faltam quatro jogos e é dar tudo até ao final", sentenciou Rúber Ferreira.

 Com este triunfo, o Benfica fecha a jornada 30 na liderança com 75 pontos, os mesmos que o FC Porto, segundo classificado, enquanto o Marítimo é 12.º com 33, mais cinco do que o Desportivo de Chaves, a primeira equipa abaixo da linha de despromoção.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.