O novo treinador do Tondela, Rui Bento, assegurou hoje que pretende agarrar a oportunidade que lhe foi dada para orientar a equipa, prometendo "muito trabalho" para conseguir "o mais rápido possível" a manutenção na I Liga de futebol.

"O que posso dizer é que o Tondela vai ser uma equipa que vai ter ambição, pois sem ambição não se consegue nada. Sem trabalho e entrega não se ganha nada", alegou.

Durante a conferência de imprensa de apresentação de Rui Bento, que substitui Vítor Paneira no comando técnico do Tondela, o novo treinador confessou que já tinha saudades do campeonato português e que esta é uma oportunidade que pretende agarrar com "trabalho, trabalho e trabalho".

"O grande objetivo do Tondela é a manutenção [na I Liga de futebol] o mais rápido possível. Por ser o atual, este é o maior desafio da minha vida", acrescentou.

Rui Bento explicou que a oportunidade de treinar o Tondela aconteceu de uma forma "muito rápida" e que depois de ter falado terça-feira com o presidente do clube, Gilberto Coimbra, procurou preparar-se para esta nova etapa.

"O primeiro desafio é identificarmo-nos com o clube e com a equipa. Não acredito que haja sucesso sem que as pessoas estejam bem identificadas com a ideia de clube. Temos de pôr o clube sempre como prioridade", evidenciou.

No seu entender, é necessário unir forças para concretizar objetivos, sublinhando que o seu sucesso é também o do clube e dos jogadores.

"Tanto hoje como durante a noite estive a aprofundar conhecimentos sobre o Tondela, mas só depois de trabalhar com os jogadores vou fazer um diagnóstico mais correto e tentar potenciar os jogadores em equipa. Tenho alguma noção de quais são os problemas, mas quero aprofundar esse conhecimento", apontou.

Aos jornalistas admitiu ainda que a questão da finalização merece-lhe, à primeira vista, algum cuidado.

"Estou todos os dias motivado e não há ninguém que meta mais pressão em mim do que eu próprio. Vamos ter um jogo com o Nacional no próximo sábado e vamos tentar fazer o nosso melhor", disse também.

Rui Bento aludiu ainda ao seu antecessor, a quem telefonou logo depois de ter fechado acordo com o Tondela.

"Do que vi, sei que, se calhar, em alguns jogos, faltou-lhe uma coisa que também é muito importante, que é a pontinha de sorte e hoje não estaria aqui", concluiu.

A estreia de Rui Bento no comando dos ‘auriverdes’ terá lugar em casa, este sábado, frente o Nacional, em jogo da segunda fase da Taça da Liga.

A única vitória do Tondela nesta estreia absoluta na I Liga de futebol aconteceu precisamente em casa frente ao Nacional, em jogo da terceira jornada, que venceu por 1-0.

O Tondela ocupa atualmente o 16.º posto da Liga portuguesa, com quatro pontos (uma vitória, um empate e cinco derrotas), com um de vantagem sobre Moreirense (17.º) e Académica (18.º).

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.