O treinador do Beira-Mar, Rui Bento, vincou hoje o objectivo da manutenção na Liga de futebol, mas com mais pontos somados do que na época passada, na abertura oficial da temporada aveirense.

Em conferência de imprensa, o técnico quis elevar a fasquia: «Quero aliar à manutenção pedida pela direcção, uma classificação melhor na prova» disse Bento, que espera um Beira-Mar «com qualidade, ambição e futebol atractivo».

«Este clube está a passar por alguma transformação e julgo que se deve assumir cada vez mais com coerência, como um projecto bem pensado e estruturado», acrescentou o técnico, que pretende maior exigência e cultura de clube em Aveiro.

Rui Bento sublinhou: «O Beira-Mar está a mudar e por isso deve estabelecer limites palpáveis para poder fazer um trajecto, demonstrando competência e fazendo sentir o clube como uma casa que é nossa».

O treinador, que chegou à formação “aurinegra” já perto do fim da época, assume que este ano será uma “prova de fogo” a nível pessoal e que está totalmente comprometido a fazer um percurso positivo no Beira-Mar.

«Logicamente que este é um bom teste e a primeira sensação que posso partilhar é a de que desde que a temporada acabou, que não tenho feito mais nada, que não procurar o melhor para o clube, dentro das nossas possibilidades» afirmou.

Para além dos quatro reforços já anunciados, Édson, João Pereira, Joãozinho e Alexandre Hauw, Rui Bento assegurou que espera mais seis atletas, todos eles identificados e num curto espaço de tempo.

Sem adiantar nomes ou possíveis posições dos jogadores a contratar, Rui Bento assumiu apenas que o clube pode recorrer a empréstimos dos chamados «três grandes».

Já o presidente, António Regala abordou o orçamento para a nova temporada, que ronda os 2 milhões de euros, e a constituição da Sociedade Anónima Desportiva (SAD) no Beira-Mar, que espera que avance durante o mês de Julho.

«Por questões legais, o processo está atrasado, mas no início da época já estaremos numa SAD», disse Regala, sublinhando que o investimento do iraniano Majid Phisyar tem como objectivo principal a afirmação na Liga.

O presidente ironizou: «As pessoas deviam pensar que íamos contratar um Messi ou um Ronaldo. Queremos primeiro garantir a sustentabilidade para depois operar as mudanças estruturais que pretendemos».

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto