Rui Costa confirmou esta terça-feira a sua candidatura à presidência do Benfica. Numa curta declaração aos jornalistas, o antigo jogador, e atual líder da SAD das 'águias', desde a saída de Luís Filipe Vieira, afirmou que "jamais poderia deixar de faltar a esta chamada".

"É com o Benfica no coração que estou aqui a anunciar que sou candidato a presidente do Benfica nas eleições a 9 de outubro", começou por dizer Rui Costa, cuja candidatura tem como lema “Por todos. Com todos. Benfica”.

"São muitas as razões, não será surpresa para ninguém se disser que respiro Benfica desde que nasci. Faz amanhã 30 anos desde o primeiro jogo oficial com a camisola do Benfica. Dia que nunca esquecerei. Foi no Benfica que me fiz homem e vivi os melhores momentos da minha vida. Este é um dos momentos mais desafiantes da história do clube e eu jamais poderia deixar de responder a esta chamada", explicou.

O ex-futebolista declarou ainda a ambição de "reconduzir o Benfica ao caminho da glória".

"É tempo de responsabilidade, união e afirmação de sentido futuro. Apresento-me a estas eleições com a ambição de reconduzir o Benfica ao caminho da glória, apresento-me com o propósito de unir todos os que amam o clube, tal como eu. Apresento-me orgulhoso da nossa história e convicto que todos juntos teremos um futuro mais radioso. Comprometo-me com todos os benfiquistas a dedicar toda a minha energia e sabedoria para iniciar um novo ciclo de vitórias", vincou.

"Nos próximos dias darei a conhecer o meu plano de ação, assim como a equipa que me acompanhrá neste projeto de futuro, um futuro ganhador, à Benfica. Este é um projeto aberto à participação de todos, centrado no engrandecimento do Benfica, o que mais nos apaixona e motiva. O Benfica é de todos nós, de todos benfiquistas, o que nunca esquecerei. Com todos. Por todos, pelo Benfica", concluiu.

Rui Costa, de 49 anos, assumiu a presidência do Benfica em 09 de julho, na sequência da suspensão do mandato por parte de Luís Filipe Vieira, que posteriormente se demitiu, após ter sido constituído arguido no âmbito da investigação ‘cartão vermelho’, por suspeita de vários crimes económico-financeiros.

Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica desde 2003 e que tinha sido reeleito em outubro de 2020, foi substituído por Rui Costa, que também renunciou ao mandato, no início deste mês (01 de setembro), tal como os restantes órgãos sociais, a fim de permitir a marcação de eleições.

Francisco Benítez, líder do movimento Servir o Benfica, foi o primeiro a anunciar à candidatura à presidência dos ‘encarnados’, depois de nas eleições anteriores ter desistido para apoiar João Noronha Lopes, derrotado por Luís Filipe Vieira e que já se afastou da corrida eleitoral de 09 de outubro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.