O administrador da SAD do Benfica, Rui Costa, e o diretor desportivo do Arouca, Joel Pinho, foram ontem expulsos pelo árbitro Fábio Veríssimo após o jogo da quarta jornada do campeonato nacional que terminou com a vitória dos 'encarnados' por 2-1.

A expulsão dos dois dirigentes foi confirmada no portal oficial da Liga de Clubes, mas os pormenores que levaram à expulsão de Rui Costa e de Joel Pinho ainda não foram divulgados pelo organismo.

Segundo o jornal O JOGO, a contestação benfiquista à arbitragem de Fabio Veríssimo subiu de tom durante o jogo após a não marcação de uma alegada falta de Rafa Silva dentro da área do Arouca. Rui Costa foi um dos elementos da comitiva encarnada mais insatisfeitos com a atuação do árbitro, e fez questão de o demonstrar junto aos balneários.

De acordo com as informações veiculadas pelo referido jornal desportivo, Rui Costa terá descido rapidamente aos balneários após o apito final para pedir satisfações à equipa de arbitragem tendo trocado "alguns empurrões com membros da equipa de arbitragem e também com dirigentes do Arouca, entre eles Joel Carlos Oliveira de Pinho, diretor desportivo e filho do presidente Carlos Pinho.

A partir de segunda-feira, a Liga de Clubes irá analisar tanto as imagens como os relatórios do árbitro, assim como eventuais testemunhas para saber se avança com punições para os elementos expulsos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.