O atual treinador do Benfica, Rui Vitória, foi o responsável pela organização e credibilização do CD Fátima, clube que subiu duas vezes à II Liga de futebol, recordou hoje o presidente da direção deste clube.

O padre António Pereira foi o responsável pela contratação de Rui Vitória, então com 37 anos, para o CD Fátima, do distrito de Santarém, na época de 2006/07.

"Quando assumi a presidência do clube convidei-o. Era um jovem, que ia e vinha todos os dias de Alverca e ainda transportava os jogadores", recordou à agência Lusa.

Quando chegou, o CD Fátima era "um clube desorganizado, sem grandes estruturas" e foi Rui Vitória que "organizou o clube e o credibilizou, levando-o para lugares mais acima no futebol nacional."

O padre António Pereira recordou que, nos cinco anos que esteve no Fátima, o atual técnico do Benfica "subiu duas vezes o clube à II Liga".

Além dos elogios a Rui Vitória, o dirigente destacou ainda o seu adjunto Arnaldo Teixeira, uma pessoa "de grande competência".

São "pessoas com um conhecimento profundo sobre o futebol e dos atletas", tendo uma "grande facilidade no contacto e no trabalho com a estrutura mental dos jogadores", reconhecendo que "juntos fazem a dupla perfeita".

O presidente do CD Fátima garante que "nunca" teve dúvidas de que a dupla "iria ter outros voos", pois a sua qualidade era "maior" para ficar "num clube como o CD Fátima".

A notícia da ida de Rui Vitória deixou o padre António Pereira "muito satisfeito".

"Acima de tudo, todos temos uma grande gratidão pelo trabalho que fez por nós e valorizamos o seu percurso. Foi aqui que ele começou a crescer", rematou.

Rui Vitória esteve no CD Fátima entre entre 2006/07 e 2009/10.

O treinador chegou à ribalta quando, na época 2007/08, derrotou o FC Porto de Jesualdo Ferreira, na terceira eliminatória da Taça da Liga, por 4-2 nas grandes penalidades, após o 0-0 no tempo regulamentar.

Na ronda seguinte, foi eliminado pelo Sporting, pela diferença de golos marcados fora, depois de ter vencido os ‘leões’ no Estádio do Restelo, em Lisboa, por 2-1, e perdido em casa por 3-2, num encontro que esteve duas vezes em vantagem.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.