Rui Vitória mostrou-se calmo durante a sua apresentação como novo treinador do Benfica, referindo que ao longo da sua carreira sempre deparou com “objetivos difíceis”.

“É o momento certo para entrar no Benfica. Não tenho medo do que foi feito para trás nem do que virá para daqui a diante. Sempre tive objetivos difíceis por cumprir. Há que aproveitar o que de bom foi feito no passado deste clube. Tenho bem traçado o rumo que temos de tomar. Há muitos treinadores que gostavam de cá estar, mas eu quero fazer parte desta história”, disse, esta segunda-feira, Rui Vitória no Museu Benfica - Cosme Damião.

O antigo técnico do Vitória de Guimarães preferiu não prometer, para já, títulos para o clube da Luz, mas isso nada tem a ver com a ambição e empenho de Vitória para esta sua nova etapa.

“Não prometo títulos, prometo dedicação e entrega. Queremos deixar uma marca neste clube. Queremos conquistar o campeonato e completar o ‘Tri’. Quero ainda apostar nas competições europeias. Querermos fazer ainda mais na Liga dos Campeões, mas sabemos que isso está dependente de outras condicionantes”, explicou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.