Na conferência de imprensa levada a cabo para explicar a situação de Rui Vitória, Luís Filipe Vieira revelou que o treinador do Benfica recebeu uma proposta milionária, mas que recusou para ficar no clube da Luz.

"Quando comecei a falar com Vitória, ele disse que nunca seria problema para o Benfica. Não quer indemnização. Posso provar isso. Depois de lhe ter dito que ia continuar no Benfica, ele rejeitou uma proposta em que ia ganhar por ano seis milhões de euros ou dólares", realçou Vieira.

De acordo com o jornal Record, o clube em causa era o Al-Nassr, da Arábia Saudita. O emblema rival do Al-Hilal de Jorge Jesus teria em cima da mesa uma oferta na ordem dos seis milhões de euros por cada ano de contrato. O objetivo, indica a mesma publicação, era ter Vitória ao leme da equipa já em janeiro.

Já o jornal A Bola avança que a proposta tinha chegado do Al-Wehda, emblema que alinha na cidade de Jedá, também na Arábia Saudita. A oferta foi levada por Mohamed Afzal, empresário de Rui Vitória.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.