“Desejo-lhe a maior sorte do mundo, mas ele não significa nada para mim”, disse Liedson, com o qual Sá Pinto se terá envolvido em confronto físico, no final da vitória sobre o Mafra por 4-3, nos oitavos-de-final da Taça de Portugal.

Hoje, após a goleada sofrida ante o FC Porto na ronda seguinte (5-2), Liedson não quis prolongar a discussão em torno do incidente e revelou mesmo nem ter ouvido a posterior comunicação de Sá Pinto, com a sua versão dos factos.

“Dispenso os conselhos dele. Nem ouvi o que Sá Pinto disse, mas respeito. Mas eu sei quem sou e conheço bem o meu carácter”, concluiu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.