Sporting e Benfica são os clubes portugueses com mais grandes penalidades (28 em 93 jogos) nas últimas três temporadas da I Liga, correspondendo a um castigo máximo a cada 299 minutos. Segue-se o Rio Ave (23 em 93). No outro lado estão Marítimo e Moreirense, ambos com penáltis a cada 1.046 minutos (oito em 93 jogos), equipa que beneficiam de menos grandes penalidades.

Estes são dados apresentados pelo Observatório de Futebol no habitual relatório semanal, que mostra contudo que, apesar de terem o mesmo número de grandes penalidades a favor, a eficácia é bem diferente entre 'leões' e 'águias'. É que o Sporting apresenta uma eficácia de 100% na conversão dessas 28 grandes penalidades, enquanto o Benfica converteu apenas 19 (eficácia de 67,9%).

Para além do Sporting, também o Marítimo apresenta eficácia de 100% na transformação de castigos máximos, embora tenha tido apenas oito à sua disposição desde 2017/18.

A última grande penalidade não convertida pelos 'leões' data de 11 de março de 2017, quando o holandês Bas Dost desperdiçou uma grande penalidade, num encontro em que assinou quatro golos na goleada por 4-1 em Tondela, enquanto o último castigo máximo desperdiçado pelo Marítimo ocorreu em 02 de outubro de 2016, por Fransérgio, no triunfo por 1-0 na visita ao Vitória de Setúbal.

O Sporting e o Marítimo figuram, assim, entre os 29 clubes que não desperdiçaram grandes penalidades nas últimas três épocas entre as 35 Ligas analisadas pelo estudo.

Quanto ao FC Porto, beneficiou no período analisado de menos sete grandes penalidades do que os rivais Benfica e Sporting e a eficácia também não foi a melhor, abaixo mesmo da apresentada pelas 'águias'. Os 'dragões' converteram 14 dessas 21 grandes penalidades de que beneficiaram.

Apenas o Boavista apresenta uma taxa de eficácia pior do que a dos 'azuis e brancos', ficando mesmo abaixo dos 50%: 41,7% de eficácia.

Com mais grandes penalidades a favor nas últimas três épocas - 2017/18, 2018/19 e 2019/20 (ainda a decorrer) - surge o Rio Ave, com 23 penalties a seu favor. O Vitória de Guimarães beneficiou dos menos 21 penáltis que o Porto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.