Esta é a terceira operação realizada pela administração do clube portuense, sendo que nas duas anteriores a procura foi superior à oferta. O montante colocado no triénio 2003-2006 foi de 11.5 milhões de euros contra os 14 milhões de euros de procura e no período 2006-2009 a procura duplicou a oferta: 15 milhões de euros de investimento e 31 milhões de procura.

Os 18 milhões de euros  para este ano irão ser colocados à disposição de sócios, simpatizantes e publico em geral e irão ser remunerados com uma taxa de juro de seis por cento, com um investimento mínimo de 100 euros, correspondentes a 20 obrigações. Este tipo de operações tem como objectivo estabilizar e agilizar as contas do FC Porto, assim explicou o administrador da SAD Fernando Gomes.

O BES e o Millenium BCP são os bancos envolvidos nesta operação que terá a supervisão da CMVM.

O período de subscrição decorre já a partir de segunda-feira, dia 23 de Novembro e termina a 15 de Dezembro deste ano.

O Presidente do FC Porto Pinto da Costa está, uma vez mais, confiante nesta operação e acredita que a adesão às obrigações para o triénio 2009-2012 irá ser um sucesso.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.