A SAD do FC Porto apresentou um lucro de 33,4 milhões de euros em relação à temporada de 20/21.

Os azuis e brancos obtêm assim o melhor resultado líquido consolidado da sociedade, ao conseguirem superar os 24,8 milhões de 2003/04.

Apesar de todos os condicionalismos de 2020, com a interdição dos estádios, ausências de receita de bilheteira e Corporate Hospitality, os proveitos alcançaram os 153 milhões de euros, com a participação na Liga dos Campeões fundamentalmente, mas também com as transações de jogadores na ordem dos 74,792ME.

Os custos operacionais com o pessoal passaram os 82,910 milhões de euros para os 92,316 em 20/21.

Em relação ao ativo atingiu 407,817 milhões - crescimento de 107,177 fazendo a comparação com junho de 2020.

O passivo cresceu cerca de 74,289 ME. O crescimento global dos empréstimo, cerca de 59,725 ME da dívida é relativo à antecipação (factoring) de contas a receber com a vendas de passes de jogadores.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.