A ida de Raúl de Tomás para o Espanhol de Barcelona não deverá levar o Benfica a procurar no imediato um substituto para o jogador.

Apesar de Bruno Lage ficar, desta forma, com apenas Carlos Vinícius e Haris Seferović como pontas-de-lança de raiz no plantel, o facto de o treinador ter apostado, nos últimos tempos, num esquema com apenas um avançado fixo, com um atacante mais móvel nas costas - que tem vindo a ser Chiquinho - não torna imperativa a ida ao mercado.

Isto porque também para a posição onde agora tem atuado Chiquinho há Rafa, acabado de recuperar de lesão e pronto para regressar aos relvados talvez já sexta-feira, na receção ao Desportivo das Aves. Além disso, também o jovem Jota pode fazer esse lugar.

Não sendo, pois, premente a contratação de mais um ponta-de-lança, a chamada de alguém da equipa B ou dos sub-23 poderá ser sempre uma solução caso surja alguma necessidade momentânea no ataque 'encarnado'. E aí Bruno Lage terá até oportunidade de lançar mais um jovem formado no Seixal, Gonçalo Ramos, de 19 anos, melhor marcador do último Campeonato da Europa de Sub19 da UEFA, que esta temporada soma três golos na II Liga pela Equipa B e apontou dois golos em dois jogos na Liga Revelação pelos sub-23.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.