A derrota do Sporting em Portimão (2-4, no dia 7 de outubro de 2018) ficou marcada pelo desmaio de Romain Salin. O guarda-redes bateu com a cabeça no poste ao tentar evitar o golo de Nakajima, aos 43 minutos, e acabou por perder os sentidos.

Enquanto os jogadores algarvios festejavam o tento, Salin permanecia imóvel no chão. Coates e Nani foram os primeiros a aperceber-se da situação.

"O Coates teve o reflexo de me puxar a língua, mas o primeiro que me que me viu a desmaiar foi o Nani. "F****-se", disse ele, dando-me depois uns estalos. Esse foi o melhor momento da minha carreira", conta Salin, atualmente ao serviço do Rennes, em declarações ao programa '100% Ligue 1'.

No Rennes, Salin volta a partilhar balneário com Raphinha, tal como acontecera em Alvalade. "Tem enorme margem de progressão. Tem o nos ombros o preço da sua transferência, mas assinou por cinco anos e por isso o objetivo não eram os seis primeiros meses. Já encontrámos soluções para ele recuperar a confiança", disse o guardião francês.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.