O presidente do Sporting de Braga, António Salvador, disse este domingo à agência Lusa em Toronto, no Canadá, que José Peseiro "é o treinador da equipa" de futebol apesar da insatisfação de alguns adeptos.

"Não é como começa, é como acaba. É uma maratona, quem chegar em primeiro ao fim terá mais pontos. É com José Peseiro que vamos alcançar os nossos objetivos", afirmou António Salvador no sábado, dia em que o Braga empatou em Arouca (1-1) na sétima jornada da I Liga.

O dirigente ‘arsenalista’ reconheceu que alguns dos associados e adeptos, fruto da ‘grandeza’ do Sporting de Braga', são exigentes e não ficam satisfeitos com algumas prestações menos conseguidas da equipa.

"O José Peseiro é um grande treinador, que já deu muito no passado ao Sporting de Braga, uma Taça da Liga, uma apuramento direto para a Liga dos Campeões que foi muito importante", reconheceu.

António Salvador recordou ainda que esta temporada a equipa de futebol teve uma "grande mudança no seu plantel", a perder alguns dos seus titulares.

"Não nos podemos esquecer que houve uma mudança muito grande no plantel, com a saída de cinco dos jogadores que eram titulares no ano passado. Temos mais pontos do que tínhamos a época passada com Paulo Fonseca", justificou.

Quanto à prestação na Liga Europa, após a derrota na Ucrânia com o Shakhtar Donetsk, o presidente do clube minhoto reconheceu que o próximo jogo será crucial, referindo-se ao encontro da terceira jornada do Grupo H, no terreno dos turcos do Konyaspor, a 20 de outubro.

"O Braga vai ter de ganhar no próximo jogo, na Turquia, que será decisivo, se quiser pensar em passar à fase seguinte, que é um dos objetivos a que nos propusemos", frisou.

Para António Salvador, tirando o Shakhtar Donetsk, tanto os belgas do Gent como os turcos do Konyaspor, são equipas que "não são muito conhecidas", mas "são adversários fortes", estando ainda em disputa 12 pontos, em quatro jornadas, encontrando-se "tudo em aberto".

Quanto à hipótese de Portugal ‘perder’ uma equipa na Liga dos Campeões devido à modesta prestação esta temporada da prestação dos clubes portugueses, e não amealhar os pontos suficientes no ‘ranking’ da UEFA, o dirigente diz estar a torcer pelos ‘três grandes’.

"Aqui não há clubismo, há o futebol português, e o Sporting de Braga quer que o FC Porto, o Benfica e o Sporting vençam, para que no futuro possamos ter mais equipas nas competições europeias, nomeadamente, consigamos manter três equipas na Liga dos Campeões e duas a três equipas na Liga Europa", sublinhou.

O líder bracarense recordou ainda que o clube tem como objetivo principal esta temporada o quarto lugar na Liga portuguesa, apurando-se diretamente para a Liga Europa e posicionando-se o mais próximo dos ‘três grandes’, e nas competições europeias "passar aos oitavos de final".

António Salvador esteve durante o fim de semana no Canadá, nas comemorações do 30.º aniversário do Centro Comunitário Arsenal do Minho de Toronto, a filial número um do Sporting de Braga.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.