Eduardo Salvio concedeu uma entrevista ao jornal Record e falou um pouco sobre a situação da equipa no campeonato e também sobre o seu futuro enquanto jogador do Benfica.

"O campeonato em Portugal é muito competitivo. Sabemos aquilo que temos feito ao longo dos últimos anos, mas, no Benfica, não é o que fizemos no passado que nos vai levar ao tetracampeonato, mas sim aquilo que formos capazes de fazer daqui para a frente", salientou o argentino.

"Com a equipa que tem, penso que o Sporting estará na luta até ao final. Tem uma grande equipa e não é por ter perdido alguns jogos que está fora dessa luta. Penso que vai ser um campeonato disputado até ao final, muito competitivo", defendeu.

A respeito da Liga dos Campeões, Salvio admitiu que o Dortmund será um adversário muito complicado, mas disse acreditar que os 'encarnados' estarão à altura das exigências.

"Sabemos que eles são muito fortes, mas temos uma grande equipa e penso que já o mostrámos. Temos tempo para trabalhar e crescer. Temos muita margem para melhorar e vamos a Dortmund para competir com eles. Vamos estar à altura. Vai ser uma eliminatória bonita", anteviu.

Quanto ao seu futuro, Salvio explicou que os seus planos passam por continuar de águia ao peito: "Posso dizer que gostaria de ficar mesmo muitos anos ao serviço do Benfica e, se acabasse a carreira aqui, seria espetacular".

"Trabalhei muito e sempre acreditei em mim. Tenho tido sempre muita força e não é uma ou duas lesões mais graves que me vão roubar os meus sonhos. E os meus sonhos passam por triunfar ao serviço do Benfica, por ser um grandíssimo jogador e, também, por crescer como pessoa no dia-a-dia", explicou ainda.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.