Andreas Samaris é cada vez mais importante nas escolhas de Bruno Lage. O jogador grego passou de um jogador pouco utilizado por Rui Vitória, para uma das peças fulcrais do técnico setubalense e por isso a renovação de contrato, que termina em junho, passou a ser prioritária.

Segundo a edição impressa deste domingo do jornal O Jogo, as conversas entre Luís Filipe Vieira e o empresário do jogador já começaram, mas há uma diferença entre os valores pedidos e oferecidos.

De acordo com a mesma publicação, Samaris quer um salário de 1,2 milhões de euros líquidos por temporada, mas a SAD encarnada oferece um milhão de euros. Esta diferença de 200 mil euros, ainda assim, não deverá ser impeditiva para que o jogador de 29 anos renove por três temporadas.

O internacional grego recebe cerca de 900 mil euros por temporada, e o seu contrato termina no final desta temporada. Samaris já reiterou a sua vontade de continuar no Benfica, nomeadamente na receção da passada quinta-feira frente ao Eintracht Frankfurt.

"Já disse isso várias vezes. A minha vontade é continuar no Benfica, mas quando começarem as conversas sobre o meu contrato logo vemos no que dá", salientou o jogador no final da partida com os alemães, explicando que, para já, "ainda não há novidades".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.