Declarações de Sandro Mendes, treinador do Vitória de Setúbal, à Sport TV, após a derrota por 0-1 frente ao SC Braga, no Estádio do Bonfim, da 26.ª jornada da Primeira Liga.

"Na minha opinião foi o melhor jogo do Vitória desde a minha chegada. Não jogámos contra uma equipa qualquer. Trata-se de um adversário que se assumiu como candidato ao título e nós em nada fomos inferiores. Conseguimos jogar por dentro e por fora e quisemos ganhar. Por querem-no muito, os jogadores precipitaram-me às vezes por isso."

"Faltou-nos fazer o golo para ganhar. Quem joga assim está mais perto de ganhar. Obrigámos o Sporting de Braga a queimar tempo e isso é algo que não há muitas que o consigam fazer. A primeira parte foi equilibrada e, na segunda, fizemos um golo, mas estava fora de jogo. Não conseguimos concretizar as várias oportunidades que tivemos."

[Arbitragem?] "Desde que cheguei nunca falei de arbitragem. Não me cabe a mim comentar."

"Não existem vitórias morais, mas, a jogar assim, estamos muito mais perto de ganhar do que perder."

[Como motivar equipa que não vence há 15 jornadas?] "A motivação é intrínseca. Os jogadores têm família, querem melhores contratos e é a isso que nos tempos de agarrar. É aí que temos de ir buscar a motivação. Dependemos de nós."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.