Sérgio Conceição analisou a vitória da sua equipa sobre o Santa Clara.

Análise

"Era um jogo com uma dificuldade acima da média. Não só pelo último jogo que tivemos na Liga dos Campeões, o que nos tirou tempo de recuperação, mas também pelo adversário. O Santa Clara veio com um 4x4x2 losango, com quatro homens no corredor central. Isso dificultou a nossa tarefa porque queríamos meter verticalidade no corredor central. Jogam com uma atitude positiva, a querer transições rápidas e a criar problemas. Fizemos o golo e podíamos ter aumentado. Depois tivemos sempre o controlo da posse de bola, mas houve sempre alguma intranquilidade porque poderia surgir uma bola parada, um ataque rápido. Tivemos duas ou três ocasiões para matar o jogo. Mas fica a imagem de uma equipa que se tem batido bem, que subiu de divisão este ano e se está a afirmar no campeonato principal. Parabéns aos jogadores pela mentalidade que tiveram num jogo difícil. Agora é olhar para o próximo e descansar. Faltam quatro jogos e estamos preparados".

Força emocional para o que resta da competição

"Dependemos de nós para ganhar os jogos e vamos fazer o nosso trabalho. A equipa quer sempre os três pontos e no final fazem-se as contas. Este clube é histórico e só por si tem essa forma de pensar. Da minha parte tenho de incutir essa força emocional".

Ausências

"O Pepe teve um problema muscular, nada de especial, mas não estava apto. Tal como o Corona estava debilitado. É a vida das equipas".

Regresso de Aboubakar

"O Aboubakar é importante neste grupo. Teve a palavra na roda [que fazemos] porque regressou após muitos meses e o grupo sentiu a presença dele e o contributo fortíssimo que dá. Temos um grande espírito de balneário, nisso somos fortíssimos".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.