Declarações de Sérgio Conceição na zona de entrevistas rápidas à Sport TV, logo após a goleada do FC Porto ao Vitória de Setúbal.

Análise ao jogo: "Foi um jogo muito bem conseguido, controlámos sempre o jogo, com muita mobilidade, com os jogadores a terem disponibilidade para ter bola, mudando um ou outro pormenor no que foi a nossa estratégia. No último jogo o Vitória de Setúbal tinha jogado com três centrais e percebi que podia ser assim. Tentei tirar essas referências, colocando o Corona atrás do Soares, com Otávio e Díaz muito móveis. Com essa mobilidade chegámos várias vezes ao último terço com perigo. O resultado acaba por demonstrar isso mesmo".

Muitos ataques pelo lado esquerdo: "Tínhamos preparado a equipa com um jogador do lado direito que percebe o que é ter de ir para dentro, com o Otávio. Na esquerda mantivemos o Luis Díaz aberto, pois trata-se de um jogador muito capaz e forte no um para um, algo que temos de potenciar. A intenção era alargar a frente de ataque, permitindo que o Díaz tivesse lances de um para um. Tudo o que foi preparado foi em função do Vitória, uma equipa que tem dado uma boa imagem".

Jogo sem sofrer golos: "Temos consciência de que tem a ver com o processo defensivo da equipa. Por vezes temos tendência de olhar só para a defesa e para o guarda-redes, mas não é assim. Tem a ver com a dinâmica de todos os jogadores, que são importantes quando não temos bola. Há sempre sempre coisas a melhorar. Cada jogo dá-nos problemas que procurámos trabalhar, para sermos mais fortes. Essa é a base para se ser consistente para ganhar. Estamos atentos aos golos sofridos, percebemos as origens e trabalhá-los em cima disso, assim como trabalhamos em cima das coisas boas. E hoje fizemos muitas coisas bem".

Clássico com Benfica é decisivo? "O jogo com o Académico de Viseu [Taça de Portugal] é importante na terça-feira".

O FC Porto somou, este sábado, a sétima vitória fora de casa, ao golear por 4-0 na visita ao Vitória de Setúbal, na 19.ª jornada da I Liga de futebol, e voltou a estar a sete pontos do líder Benfica.

Os golos de Corona (39 minutos), Alex Telles (44), Soares (48) e Luis Díaz (90+1) garantiram os três pontos aos ‘dragões’, que venceram pelo segundo jogo consecutivo no campeonato e mantiveram os sete pontos de diferença para o primeiro classificado, o Benfica, que na sexta-feira triunfou em casa frente ao Belenenses SAD (3-2). Com a derrota frente ao segundo posicionado da I Liga, que soma 47 pontos, o Vitória de Setúbal é agora oitavo, com 25 pontos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.