O FC Porto joga esta quarta-feira no reduto do Marítimo, na Madeira, a partir das 18h45. Esta tarde, Sérgio Conceição fez a antevisão do encontro, que conta para a nona jornada do campeonato nacional, do qual os dragões são líderes.

Antevisão

"As expetativas são de continuar no primeiro lugar, ou seja passa por uma vitória no jogo de amanhã. Sabemos que o Marítimo é uma equipa tradicionalmente difícil no seu estádio e que temos de estar preparados para isso. Temos de fazer um jogo que nos permita, no final, estar satisfeitos com o resultado e a exibição. Mas o mais importante são os três pontos."

Marega

"O FC Porto jogou com 11 não jogou? Ficaram 15 de fora. O que quer que lhe diga? Já falei tantas vezes sobre uma ou outra ausência... vou ser chato e repetitivo. Olhamos para o treino e para o que são os diferentes parâmetros físicos e emocionais, ou estratégia para o jogo e optamos."

Mudanças com o Famalicão são para manter?

"Os nossos princípios não mudam de um dia para o outro. Olhamos para vários aspetos... Com o Coimbrões foi uma forma de atuar, com Young Boys outra e com o Famalicão outra. Mas os princípios estão lá. Gostamos de pressionar, olhamos para a baliza, mas não somos cegos, e não é chegar com bola na frente como já ouvi alguns papagaios falarem, por isso sabemos o que fazemos e o que trabalhamos. Isso não tem só que ver com mudança de jogadores. Tem que ver com ocupação de espaços e nuances. Podem resultar ou não. Com o Rangers não resultou. Isso depende da forma como trabalhamos e como os jogadores interiorizam. Mas os princípios-base estão sempre lá. O Rui [assessor] pagará um almoço e terei muito gosto em falar de todas estas questões."

Gerir o plantel e a questão Fábio Silva

"A minha forma de lidar e de liderar um balneário é igual para todos os jogadores. Tenha 17 ou 35 o que me interessa é a competência. Claro que temos de ter atenção aos pormenores e temos de perceber que todo este mediatismo... o futebol resume-se muito à minha conferência, ao jogo com o Marítimo, o futebol é muito resultadista e com análise de momento. Essa evolução e maturação normal de um jogador de apenas 17 anos... estamos preparados para o mediatismo. Mas a base familiar também é importante e estamos a falar de um jogador que tem tudo disso. Fábio Silva tem tudo para se afirmar num futuro próximo no FC Porto. Não metemos num pedestal ou numa bola de cristal, 'o nosso menino, o nosso menino'. Dentro do balneário há jogadores, profissionais, homens que têm de lutar cada um pelo seu lugar."

O Marítimo

"Já tive uma abordagem com os jogadores sobre o Marítimo e as dificuldades do jogo. É um adversário tendencialmente difícil. Sabemos que mesmo olhando para a classificação, nos jogos com os grandes estas equipas transcendem-se. O Marítimo é uma equipa que normalmente está no primeiro terço da tabela. Têm sempre equipas com individualidades interessantes. Vamos ter um jogo difícil e complicado, como nos últimos anos. Mesmo comigo aqui tivemos jogos muito complicados. O FC Porto já esteve seis jogos sem conseguir ganhar na Madeira. Cabe-nos ter ambição e determinação para tentar vencer o jogo."

Liderança

"O mais importante é estar em maio no primeiro lugar. Isso não tem peso em jogo nenhum, independentemente da classificação queremos sempre ganhar."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.