Na véspera do dérbi portuense entre o Boavista e o FC Porto, Sérgio Conceição assume que sente a responsabilidade de jogar no Bessa.

“Estes jogos são sempre difíceis. É o dérbi histórico da cidade do Porto. Espero um jogo intenso, bem disputado, de forma leal dentro e fora do campo. Estamos preparados para assumir a responsabilidade do jogo e conquistar os três pontos, que são importantes na nossa caminhada”, começou por dizer, este sábado, o treinador do FC Porto em conferência de imprensa, no Olival.

“Estamos atentos a essas situações, mas não faz com que o FC Porto esteja mais ou menos confiante. Por vezes, quando um jogador me diz que precisa de jogar para ganhar confiança, eu digo-lhe que precisa de ganhar confiança nos treinos para jogar. O que damos importância é ao nosso trabalho diário, que conseguimos controlar. O momento é bom, mas é até ao próximo momento, que é o jogo de amanhã. Mantê-lo é um bom desafio para todos nos clube”, acrescentou.

O FC Porto chega ao dérbi da 11.ª jornada depois de uma boa exibição na Liga dos Campeões, que valeu a passagem aos oitavos de final no primeiro lugar do grupo.

“Estamos todos de acordo quando dizemos que o FC Porto tem uma grande qualidade no processo ofensivo e consegue criar diferentes nuances num mesmo jogo, passar por sistemas diferentes. Existe sempre uma diversidade muito grande na frente indo de encontro aos pontos fortes da equipa adversária. Temos que desmontar essa forma de defender das equipas adversárias. Pode ser dentro de um sistema ou outro, mas é possível passar do modelo mais utilizado na Liga dos Campeões, assim como o contrário. Temos como base esse trabalho e aplicamos mediante o adversário.”

O jogo no Bessa está agendado para as 20 horas deste domingo, no Bessa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.