Sérgio Conceição, técnico do FC Porto, considerou que a sua equipa fez uma grande segunda parte e que, apesar da liderança, o campeonato vai ser um luta até ao fim.
[photo-gallery id="601502" thumbnails="601522,601518,601496,601516,601521,601519,601520,601514,601517,601512,601513,601549,601550,601515" layout="linear"/

Jogo: "Nós sabíamos que íamos apanhar um adversário complicado, que teve nestes últimos jogos um comportamento fantástico, na sua qualidade e na consistência. Era um jogo onde tínhamos de ser mais competentes nesse processo ofensivo, em concluir tudo o que estamos a criar. Comparando todos os dados, depois da retoma, estamos superiores em tudo, menos na finalização. Hoje melhorámos. Foi um bom jogo, principalmente na 2.ª parte. Esta vitória é do grupo de trabalho"

2.ª parte: "Eu acho que era importante dar alguma tranquilidade, e isso não é sinónimo de passividade. Era importante continuarmos consistentes na defesa, é o terceiro jogo em que não sofremos golos. Os jogadores que entraram foram muito importantes na segunda parte que fizemos. O espírito de grupo é fantástico, mas hoje ficou provado que temos um espírito de grupo que temos. Hoje fizeram uma surpresa aos colegas no hotel e isso é demonstrativo disso"

Pressão: "Acho que temos de contar com o que somos nós como equipa, preparar os jogos tendo em conta o que o adversário vai fazer. Temos que trabalhar o que controlamos, que é a nossa equipa. O estado de espírito é muito importante e à medida que se vai aproximando o final, a pressão vai aumentando e vai ser uma luta até ao fim"

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.