Depois de o Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) ter arquivado o processo disciplinar contra Rui Vitória, Rui Costa e Paulo Gonçalves, devido à “inexistência de indícios de prática de qualquer infração disciplinar”, foram divulgadas parte das declarações do árbitro da partida entre o Benfica e o Sporting, disputado a 22 de abril de 2017.

“Confirmo ao intervalo a existência de uma troca de palavras no túnel com elementos do Benfica e do Sporting, no meu entender sem conteúdo significativo relevante para mencionar esses fatos no relatório. Em nenhum momento a minha atitude foi diferenciado entre os elementos das duas equipas, mantendo o diálogo e a calma habitual de forma a naturalizar os ânimos que por norma são emocionantes e fervorosos neste tipo de jogos”, lê-se no relatório escrito por Artur Soares Dias, garantindo nunca ter sentido a sua competência "colocada em causa".

Recorde-se que a queixa foi apresentada pelo Sporting, tendo considerado que os intervenientes benfiquistas pressionaram e contestaram as decisões da equipa de arbitragem.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.